A Grande Testemunha (Au hasard Balthazar, 1966)

Fecho com o último post do ano (Só volto aqui esse ano se Clint ou Bruce Campbell morrer dia 31! E mesmo assim só pra berrar. O Saddam foi enforcado hoje e apesar de ser ferrenhamente contra pena de morte, só consegui imaginar o South Park no episódio em que ele morre, encontra o diaboContinuar lendo “A Grande Testemunha (Au hasard Balthazar, 1966)”

Os Assassinos: The Killers 1946 versus The Killers 1964

De um lado temos Robert Siodmak, do outro Don Siegel. De um lado temos Burt Lancaster, Ava Gardner e Edmond O’Brien, do outro John Cassavetes, Angie Dickinson e Lee Marvin. E no meio de todo esse povo bom temos Ernest Hemingway. Na verdade o conto de Hemingway apenas serve de base para a introdução doContinuar lendo “Os Assassinos: The Killers 1946 versus The Killers 1964”

The Hire: Beat the Devil (2002)

Morreu James Brown (1933 – 2006) A melhor coisa que o Tony Scott fez na carreira dele foi esse curta publicitário para a BMW com o magnânimo e recém falecido James Brown. De quebra, Gary Oldman, Clive Owen, Danny Trejo e Marilyn Manson. Mas dessa vez o tio James não pôde enganar o diabo… ComoContinuar lendo “The Hire: Beat the Devil (2002)”

Presente de Natal antecipado: 6 curtas de Guy Maddin

The Heart Of The World (2000) My Dad Is 100 Years Old (2005) Sissy Boy Slap Party (1995) Odilon Redon Or The Eye Like A Strange Balloon Mounts Toward Infinity (1995) Sombra Dolorosa (2004) Trip to the Orphanage (2004) Considero o canadense Guy Maddin um dos melhores e mais interessantes cineastas em atividade hoje, masContinuar lendo “Presente de Natal antecipado: 6 curtas de Guy Maddin”

Na Solidão da Noite (Dead of Night, 1945)

Na Solidão da Noite é um dos meus xodós cinematográficos dos anos 40, dirigido em episódios alinhavados uns aos outros, é uma preciosidade do horror daquela época. O primeiro segmento Hearse Driver dirigido por Basil Dearden (que também dirigiu a história que liga todas as outras) e o último dirigido por Alberto Cavalcanti The Ventriloquist’sContinuar lendo “Na Solidão da Noite (Dead of Night, 1945)”