Arroz Amargo ( Riso Amaro, 1949 )

BITTER RICE - POSTER

Riso Amaro é um WIP em sua essência, mas aqui troca-se um eventual exploitation passado na prisão por um neo-realismo situado numa fazenda de arroz. Está tudo lá: antagonismo entre duas gostosas (Silvana Mangano e Doris Dowling), interesses de machos-alfa divididos entre o canalha e o honrado (Vittorio Gassman e Raf Vallone), um desfile de pernas e nádegas, passando até a obrigatória luta de mulheres na lama. É um exploitation com fundo social.
O que fica claro do início ao fim é o porquê de Silvana Mangano ter se tornado um símbolo sexual com este filme em sua estréia no cinema, a ingenuidade somada à extrema vaquice de sua personagem, com direito a um corpo sensacional, não deixa outra alternativa para o público: La Mangano é uma gostosa e ponto final. Palmas para aquelas meias 7/8 com shortinho para apanhar arroz, nunca uma colheita foi tão gratificante.

Advertisements
%d bloggers like this: