Batman – O Filme (1966)

BATMAN - THE MOVIE - 1966 - TITLES

BATMAN - ROBIN - ADAM WEST - BURT WARD

BATMAN - JOKER - CESAR ROMERO

Afinal, quem precisa daquela gente chata e sem talento que pouco amo como Michael Caine, Gary Oldman, Maggie Gyllenhaal, Christian Bale, Heath Ledger, Aaron Eckhart, Morgan Freeman, Cillian Murphy, Nestor Carbonell ou Christopher Nolan? O bigode indecente do Cesar Romero aparecendo por baixo da maquiagem é o ápice. De verdade, este é um dos melhores e mais engraçados seriados de todos os tempos.

Advertisements

9 thoughts on “Batman – O Filme (1966)

  1. César Romero, o galã latino, só aceitou o papel se não raspasse o bigode! Tudo bem: eram os alegres anos 60 e a série era uma gaiatice só. Impagável! Parabéns pelo blog!

  2. Francisco, acho que nunca cheguei a ver o Romero realmente sem bigode. E olha a coincidência, hoje mesmo estava vendo de postar o mapa do Planeta Mongo (aquele do Ming mesmo, não o seu) por aqui…

    Patrícia, o dia em que eu falar mal do Gary Oldman ou de qualquer um do supracitado elenco – a sério – é porque o surto psicótico foi mesmo irreversível!!! Não tenho tendências a falar aml nem de quem não aprecio muito, imagine por quem me jogo aos pés! É tipo o meu elenco dos sonhos para qualquer filme, principalmente pela predominância britânica, imagine a minha alegria quando trocaram a Katie Holmes pela Gyllenhaal (que só é páreo em minhas preferência pelas jovens atrizes a Natalie Portman e Christina Ricci), então!

  3. Pingback: Papéis de parede do Cavaleiro das Trevas e Coringa « Um Blog no Planeta Mongo - Wallpapers

  4. Po, fale mais disso do John Saxon.
    O ator que fez o SK tem a voz idêntica, bizarro. No DVD novo de 2001 tem uma entrevista de áudio com ele, é a mesma voz, mesmo sotaque.

  5. Oi Dri.

    Esse Batman. aiai, o terror para os fãs xiitas. Eu curti muito essa série.

    Mas como nada é por acaso, se não fosse essa série, não teríamos uma DC comics contratando um Neal Adams para revitalizar o personagem de maneira sombria, o que não levaria a um Frank Miller ou Alan Moore, o que não levaria a uma história soturna que serviu de base tanto para Burton quanto para o Nolan.

    Se não fosse essa série, talvez, o unico Batman seria o do Joel Schumacher.

    Sério!

    abs

  6. Francisco, deixa eu ir agilizando e logo mais te mando.

    Lucas, logo mais passo no teu blog para gente se enfurnar no homem, mas o carinha do curta do Hellman me chocou num primeiro momento até fisicamente, a primeira visão dele foi assustadora mas depois foi desaparecendo a semelhança física durante o curta, acho que aquela exatidão física inicial era só pelo choque mesmo.

    Léo, gente xiita é um saco, todos os males do mundo estão nas mãos dos exacerbados, o que o mundo precisa é ioga e prozac na água, hehehe
    Ainda estou em estado de encantamento pelo novo filme do Nolan, na boa, eu não esperava que fosse tudo aquilo não, estava achando que era mais propaganda que qualquer coisa, mas é um filmaço no sentido mais amplo da palavra.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: