Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1996

1- Marte Ataca! (Mars Attacks!)O elenco mais absurdo da década (Jack Nicholson, Glenn Close, Annette Bening, Pierce Brosnan, Danny DeVito, Martin Short, Sarah Jessica Parker, Michael J. Fox, Rod Steiger, Tom Jones, Jim Brown, Lukas Haas, Natalie Portman, Pam Grier, Jack Black, Christina Applegate, Sylvia Sidney, Barbet Schroeder) nos dando um dos mais divertidos filmes de sempre, lembrando bem o maluquete cinema B dos anos 50, mesma década de onde saíram as figurinhas que deram origem ao filme.

2- Um Drink No Inferno (From Dusk Till Dawn)Três palavras: Salma Hayek dançando.

3- Romeo + JulietShakespeare de buatchy no segundo capítulo da Trilogia da Cortina Vermelha luhrmaniana. Já disse hoje que amo Baz Luhrmann? Não tem Lost nem Matrix que tire a aura de Mercutio traveco do Harold Perrineau. L-U-X-O!

4- Ligadas pelo Desejo (Bound)Três palavras: Neo-noir-lésbico.

5- TrainspottingTrainspotting foi o filme-símbolo da minha geração, se ele tem algum sentido hoje ou terá daqui 50 anos não sei, mas quando estivermos na casa dos 80 anos, todos com problemas urinários e ainda bebendo cerveja, meus amigos e eu estaremos lembrando dos anos 90 e como Trainspotting marcou nossa juventude. Trainspotting é para a juventude dos 90 o que o espetáculo Hair foi para a dos 60.

Real Melhor Filme do Ano: Não sei de novo, fica entre Crash do Cronenberg e Lone Star do Sayles.

Advertisements

4 thoughts on “Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1996

  1. uma das coisas que eu não esqueço em marte ataca! é a natalie portman na casa branca mandando o povo calar a boca porque tem gente morando lá. quanto ao real melhor filme do ano: crash, definitivamente!

    Like

  2. Ó a vergonha agora: não assisto Crash desde quando foi lançado há mais de uma década! E sabe o que é pior? Tenho uma cópia em VHS que comprei naquelas liquidações de locadora com o advento do DVD. Eu sei, tá na hora de ver de novo…

    Like

  3. Crash é meu preferido do Cronenberg, fodão mesmo. Aquela calma toda da direção (do filme) é sensacional, e a melhor trilha do Howard Shore.

    Like

  4. É, está mesmo na hora de rever. Howard Shore é fodão, fora os medalhões ainda em atividade como o John Williams e o Morricone, Shore é o compositor de cinema que mais gosto da atualidade.

    Like

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: