Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1986

1- Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off, John Hughes)Bueller?… Bueller?… Bueller? John Hughes é o segundo pai de milhões de pessoas pelo mundo e quem falar mal dele leva uns tabefes. Tudo que há de mais clássico no cinema dos anos 80 está alí, se fosse para escolher um filme para representar tal década certamente seria este. Alan Ruck é ídolo.

2- As Aventuras de Chatran (Koneko Monogatari, Masanori Hata)Chatran é rei. Meu lance com Chatran é longo, doloroso e muito pessoal.

3- As Sete Vampiras (Ivan Cardoso)
Meu primeiro Ivan Cardoso, um dos mais sensacionais cineastas que este país já viu e um dos maiores gênios do terrir mundial. No elenco, só a nata.

4- Aventureiros do Bairro Proibido (Big Trouble in Little China, John Carpenter)Everybody relax, I’m here. Jack Burton é o filho terráqueo de Han Solo! O que era o duo Carpenter-Russell, hein?

5- Nem Tudo é Verdade (Rogério Sganzerla)Ao contrário do resto da humanidade com O Bandido da Luz Vermelha, este foi o meu primeiro Sganzerla. Para uma pubescente foi demasiado impressionante ser jogada no universo sganzerliano unido ao wellesiano dessa forma. Por coincidência descobri Welles e Sganzerla na mesma época e nada tira da minha memória primordial a visão dantesca de Arrigo Barnabé interpretando Orson Welles com aquele sotaque terrivelmente debochado como todo cinema de Sganzerla o é. Nunca mais vi o filme, já está mais do que na hora de rever.

Real Melhor filme do ano: Veludo Azul (Blue Velvet)Meu primeiro David Lynch.

5 thoughts on “Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1986

  1. oi Dri

    1º Adorei a outra foto do Jack de mulher com Joe e Brow . No DVD que assisti há um pequeno Making off com fotos da produção. um delícia, algumas coloridas. e Por falar em delícia, é engraçado ver como o padrão de gostossura mudou. Pra hoje, a Marylin é meio gorducha demias. uma pena, pra nós.

    quanto aos filmes, também é uma delícia ver que a lsita não terminou.

    e como a década de 80 produziu filmes de entretenimento de primeríssima. acho que pela falta de efeitos, eles tinham que apresentar uma compensação. e que compensação. quase sempre roteiros e direção amarradinhos com interpretações , para não fugir do adjetivo, deliciosas. que delícia era perder uma tarde de tarefa escolar para assistir os aventureiros do bairro proibido.

    será que os anos 90 terminou com isso?

    ah, O meu 1º Linch foi Estrada para a vida (acertei o nome?)

    abs e beijos

  2. dri, curtindo a vida adoidado é tão clássico que dá vontade de estragar tudo fazendo uma continuação, spin off ou coisa que o valha. clássico absoluto da sessão da tarde. quanto aos aventureiros do bairro proibido, é tão louco quanto aquele do bruce leroy, que pára a bala de revolver com o dente. eu só fui assistir esses troços nos anos noventa, mas mesmo assim, bons tempos aqueles…

  3. Léo! A Marilyn nos dias de hoje seria xingada até a morte!!! Sei lá, às vezes, acho que a humanidade está devoluindo ao invés de evoluir quando o assunto é intolerância, ninguém mais veste túnicas de Ku Klux Klan (ao menos eu espero que não, hehehe), mas as pessoas se camuflaram seus preconceitos com coisas mais socialmente aceitas mas que no final é igualmente bárbaro tanto quanto empalar pessoas.
    É verdade, era tudo muito mais rústico e bem feito nas aventuras oitentistas, penso muito sobre essa coisa de que se fomos nós que mudamos ou o cinema desse gênero que virou uma merda mesmo, olha a balburdia que causou o novo Indiana Jones, tudo é perfeito alí, o que estraga são justamente os efeitos! Mas também não é só isso, pega os filmes do John Hughes, por exemplo, Curtindo a Vida Adoidado, Gatinhas e Gatões,Clube dos Cinco, Mulher Nota Mil… Existe o cinema para adolescente antes e depois do John Hughes, antes dele não tinha nada que tratasse das agruras juvenis como ele o fez, depois dele só foi imitação modorrenta. Existe hoje um cinema de qualidade para essa faixa etária que trate de coisas pequenas da vida adolescente? Não! Na real a nossa geração saiu ganhando imensamente em cima da geração atual em termos de cine-pipoca.
    Quase acertou, o nome é Estrada Perdida!

    Fred do céu, acreditas que nunca vi o filme do Bruce Leroy? Sempre ouvi falar e tive curiosidade, mas não vi ainda! Tenho de conhecer o lendário Sho Nuff!
    Teve um seriado do Curtindo a Vida Adoidado no início dos anos 90, só que nunca vi e nem sei se dá para encontrá-lo em algum lugar ou se sequer passou no Brasil! Só sei disso porque a Jennifer Aniston interpretava a irmã do Ferris no seriado, KKKKKKKK

  4. Marilyn seria considerada gorducha hoje em dia, realmente. E sobre intolerância… o homem veio do macaco, mas já está voltando!

  5. “Quando é que o Promotor Público aprende que Deus, o país e a cor vêm muito antes da lógica?” de um filme do Altman aí…
    Nuuuussssa, agora você me fez lembrar de um seriado britânico chamado Red Dwarf onde tinha uma personagem que havia evoluído dos gatos e não dos macacos, levou 3 milhões de anos para isso acontecer, nem é preciso dizer que era muito melhor KKKKKKKK Parecia uma mistura de Little Richard e James Brown, o máximo.
    Quanto à Marilyn, depois que vi gente chamando a Patricia Arquette e a Drew Barrymore de gordas (!!!) tive a certeza que o mundo pirou de vez mesmo. Ah, coloquei uma foto no post de hoje com a Madonna ultra-mega-gorda também, hehehe
    Lembrei agora de um ocorrido durante a produção de Quanto Mais Quente melhor em que alguém disse que o Tony Curtis tinha a bunda mais bonita que a da Marilyn, então ela abriu a blusa e disse “Mas ele não tem isso!” mostrando os peitos. É isso aí garota.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: