Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1979

Ôpa Ôpa Ôpa chegou a década sagrada, todos os culhões não serão suficientes. Pressinto que esta será uma década dolorosa nas escolhas, já que foi a melhor para o cinema (juntamente com os anos 30, por favor).

1- O Show Deve Continuar (All That Jazz, Bob Fosse)Obra máxima de Bob Fosse nas telas, versão musical e autobiográfica por parte de Fosse do 8 1/2 de Fellini. Roy Scheider e a edição tomam o filme para si.

2- Woyzeck (Werner Herzog)Eu sou aquela pessoa retardada que crê piamente no fato desta ser a verdadeira obra prima do Herzog.

3- A Vida de Brian (The Life of Brian, Terry Jones)Meu primeiro Monty Python. E nós mulheres temos o direito de ser tão idiotas quantos os homens ao apedrejar pessoas. O femichismo é lindo, não?

4- Eu Matei Lúcio Flávio (Antônio Calmon)Jece Valadão é muito macho. Um dos grandes exemplares do cinema culhônico setentista nacional.

5- Alien: O Oitavo Passageiro (Ridley Scott)Coisa linda da mãe. Será o benedito que passei o filme todo preocupada com o Jones?

Real Melhor Filme do Ano: Stalker (Сталкер, Andrei Tarkovsky)Nota: Apocalypse Now caiu fora porque ele já está lá na lista de 2001, embora goste muito mais da edição de 1979.

Publicado por Adriana Scarpin

Bibliófila, ailurófila, cinéfila e anarcafeminista. Really. Podem me encontrar também aqui: https://linktr.ee/adrianascarpin

6 comentários em “Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1979

  1. O melhor filme do Herzog pra mim é Coração de Cristal, de 76. Mas entendo quem aponta qualquer outro 70’s dele como sendo o melhor. Sabia que o Woyzeck foi filmado poucos dias (cinco, acho) depois de terminarem as filmagens do Nosferatu? E ainda foi uma produção relâmpago, algo como duas semanas de filmagem, uma de edição e pronto, fechou.

    Curtir

  2. oI DRI
    que bom que gostou. Olha, eu coloquei o post da Shirley e andei lendo sobre a Carole, que vc escreveu. Muito, muito bom!!! Vejo que gosta muito dela. Só tenho dois filmes dela aqui comigo, o que ela fez com a Mary Pickford (My best girl) e Marujos ao leme (ou algo assim). beijo

    Curtir

  3. ADOREI este teu espaco… voltarei muitas vezes… ineressantissimo! Ah! e obrigado também pelas visitas… poxa, fiquei honrado que voce se colocou como “seguidor” – nao sei ainda como se faz isto… mas tentarei fazer aqui o mesmo!
    Lembrancas
    Ricardo

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: