Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1975

1- The Rocky Horror Picture Show (Jim Sharman)Frank N. Furter é uma das melhores personagens do cinema, sem exagero. O mais bizarro é que Tim Curry se envergonha realmente deste papel, do que ele tem orgulho então, Esqueceram de Mim 2? É fácil um dos meus filmes favoritos de sempre e merece muito ser o objeto de culto que é.

2- Lisztomania / Tommy (Ken Russell)Lisztomania - Ringo Starr & Roger DaltreyAh vá, não diga que Ken Russell pegou um lugar duplo e dividiu com Roger Daltrey.

3- Picnic na Montanha Misteriosa (Picnic at Hanging Rock, Peter Weir)Picnic at Hanging RockApesar do nome de filme da Disney, essa obra prima aussy é tão rica e complexa, de tantas e louváveis interpretações, de uma climatização e beleza extrema, que desafio qualquer pessoa a assistí-lo apenas uma vez sem que não se tenha a ânsia de revê-lo e revê-lo.

4- O Homem que Queria Ser Rei (The Man Who Would Be King, John Huston)Man Who Would Be King - CAINE & CONNERY Huston é um dos meus xodós de todos os tempos, mas a quem estou querendo enganar? Esse filme está aqui listado pela dobradinha do Harry Palmer com James Bond.

5- Ilsa, She Wolf of the SS (Don Edmonds)Ilsa, She Wolf of the SSNazi-exploitation é um gênero deveras problemático, mas porra, a Ilsa é mestra. É só ver alí uma dominatrix sádica no âmbito sexual e esquecer o estereótipo nazi, mesmo porque ela nem se importava com isso contanto que tivesse um orgasmo.

6- Dolemite (D’Urville Martin)DolemiteDANCE MUTHA-FUCKA, DANCE! Como assim alguém tem coragem de dizer que este é um filme ruim? É claro que tem um ou outro problema, mas puta que pariu, Dolemite é certeiro por todos aqueles diálogos do além, presença em cena dos tipinhos mais bizarros e o negão kung-fu recém falecido Rudy Ray Moore.

7- Hedgehog in the Fog (Yozhik v Tumane, Yuriy Norshteyn) Poesia transformada em animação. Não se espante se alguém disser que esta é a melhor animação já feita.

8- Grey Gardens (Maysles Brothers)grey gardens - Little Edie in pants Fantástico documentário sobre pessoas ainda mais fantásticas, uma espécie de Sunset Boulevard encontra O Que Terá Acontecido a Baby Jane? da vida real. Tenho a ligeira impressão que ficarei velha e biruta tal qual uma daquelas senhoiras, cruzes.

9- Os Quatro do Apocalipse (I Quattro dell’apocalisse, Lucio Fulci)Four of the Apocalypse (1975) - TOMAS MILIAN, FABIO TESTIEste está aqui listado mais por justiça do que qualquer outra coisa, já ouvi tanta gente metendo pau nesse filme despropositadamente, pois o que muitos apontam como defeitos é justamente o intentado. Num dos westerns mais peculiares da Itália, Fulci espelha a atualidade insana daqueles idos num complexo emaranhado de relações humanas e simbolismo, especialmente por ter Tomas Milian num dos melhores personagens dos spaghettis. O único problema aqui é o Fabio Testi, pois todo filme em que ele está presente fico a pensar: tira a roupa logo, desgraçado! E isso obviamente tira minha atenção do tôdo.

10- Corrida com o Diabo (Race with the Devil, Jack Starrett)Race with the Devil (1975) - WARREN OATES, PETER FONDADá para imaginar algo mais legal do que Warren Oates e Peter Fonda sendo perseguidos por caipiras adoradores de satã no Texas? Deliverance encontra Um Drink no Inferno encontra O Bebê de Rosemary encontra A Morte Pede Carona encontra Encurralado encontra Quadrilha de Sádicos encontra O Homem de Palha.

Real Melhor Filme do Ano: Monty Python em Busca do Cálice Sagrado (Mønti Pythøn ik den Høli Gräilen, Terry Jones)Monty Python and the Holy GrailAre you suggesting coconuts migrate? Mas será possível que não havia filmes de gente normal em 1975 e que boa parte deles não fossem de ingleses birutas? Menções aos corriqueiros Saló (Pier Paolo Pasolini), Barry Lyndon (Stanley Kubrick), Dersu Uzala (Akira Kurosawa) e Boris Grushenko (Woody Allen), Um Dia de Cão (Sidney Lumet) e Prelúdio para Matar (Dario Argento). Pensei seriamente em proibir certos cineastas nessas minhas listas. Povo sem graça, como se dizia no Tarantino’s Mind, esse povo é samurai, não conta.

Nota: O que está rolando com esses três milhôes de filmes em cada lista? É a década dos excessos, oras, quando chegar os anos 60 volto com os 5 habituais.

7 pensamentos sobre “Os Filmes Bacanas de Cada Ano que o Cinema Viveu: 1975

  1. Preciso ver esse do Peter Weir. E esse do Ken Russell, que até já baixei.

    Você já viu uma série do Godard chamada Histoire(s) du cinéma? Eu baixei há pouco tempo, e to vendo aos poucos, mas parece que é algo como um Finnegan’s Wake da vida, ou pelo menos o mais próximo disso que o Godard poderia chegar com um filme-ensaio-documentário sobre o cinema.

    Curtir

  2. rocky horror e’ daqueles filmes que a gente vai amar pra vida toda. as musicas sao boas. o tim curry e a susan estao espetaculares. e o monty. unanimidade. vida eterna aos cavaleiros q dizem ni.

    Curtir

  3. Sei não Lucas, acho que não dou conta do Godard fora dos anos 60 (pelo menos não por enquanto), aliás, acho que não dou conta do Godard fora do casamento com a Anna Karina. Nunca uma mulher fez tanta falta a um homem a olhos vistos quanto Miss Karina.

    Hei Tide, o legal é que o então marido de Miss Sarandon, o Chris, também estava soltando a franga em outra obra prima daquele ano: Um Dia de Cão. Ambos os filmes foram que os colocaram no topo.
    Outra coisa legal a ser mencionada é que a Nell Campbell que está alí no vídeo do Rocky Horror é quem está escondida debaixo do lençol do Roger Daltrey naquela foto do Lisztomania, com medo do Papa Ringo Starr… E só para marcar a patota inglesa de gente maluca, o Derek Jarman que fora pupilo do ken Russell, colocou metade do elenco de Rocky Horror (O Rocky, a Magenta, a Little Nell e o autor Richard O’Brien…) como figurantes em seu primeiro longa de ficção…

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: