Filmes bacanas de cada ano que o cinema viveu: 1964

1- Com a Maldade na Alma (Hush… Hush, Sweet Charlotte, Robert Aldrich)Não há a mínima chance de se excluir o Aldrich de uma lista de maiores auteurs do cinema americano. E esse, minha gente, é um desbunde e favorito pessoal. 2- À Meia-Noite Levarei Sua Alma (José Mojica Marins)Tudo que disse acima a respeito doContinuar lendo “Filmes bacanas de cada ano que o cinema viveu: 1964”

Achado bloguístico do dia: Curta-Metragem

CURTA-METRAGEM Porque tem uma pá de entrevistas com gente bacana, sempre relacionadas de alguma forma com curta-metragens, tais como as de Helena Ignez, Guilherme de Almeida Prado, Antonio Carlos da Fontoura, Caco Galhardo, Mário Bortolotto, Laerte, Simone Spoladore e mais um punhado de gente.

As Musas de George Cukor – Parte 5

Pinter, Losey & Proust

Losey films explore many of the themes that are also recurrent in the Recherche: the deceptiveness of appearances, the complexity of inner thought and emotions and the conflict between different social groups and classes, to name only a few prominent ones. Interested in detail character studies rather than action pictures, Losey, like Proust, meticulously examinesContinuar lendo “Pinter, Losey & Proust”

As Musas de George Cukor – Parte 6

Visconti, Berger & Proust

Visconti planned for several of his cult actors for both lead and supporting roles: Silvana Mangano was to play the elegant and witty Duchesse de Guermantes, Alain Delon or Dustin Hoffman the Narrator-Protagonist Marcel, and Helmut Berger Baron Charlus’s homossexual protégé Charlie Morel. For Charlus himself, Laurence Olivier and Marlon Brando were in the runningContinuar lendo “Visconti, Berger & Proust”

Opération Lune (2002)

Apesar dessa porra ter eclipsado literalmente o nascimento de minha irmã há quarenta anos, não podia deixar de postar o vídeo do mockumentário francês de William Karel, que a bem da verdade é uma puta declaração de amor ao Kubrick e um intrincado jogo semiótico. Afinal, todo mundo sabe que George Kaplan é o melhorContinuar lendo “Opération Lune (2002)”