Feliz Dia do Padre

Richard Chamberlain em Os Pássaros Feridos (The Thorn Birds, Daryl Duke, 1983)
Richard Chamberlain em Os Pássaros Feridos (The Thorn Birds, Daryl Duke, 1983)
Leon Morin - Belmondo
Jean-Paul Belmondo em Léon Morin, Prêtre (Jean-Pierre Melville, 1961)
Gael García Bernal em O Crime do Padre Amaro (El Crimen del Padre Amaro, Carlos Carrera, 2002)
Gael García Bernal em O Crime do Padre Amaro (El Crimen del Padre Amaro, Carlos Carrera, 2002)
Montgomery Clift em A Tortura do Silêncio (I Confess, Alfred Hitchcock, 1953)
Montgomery Clift em A Tortura do Silêncio (I Confess, Alfred Hitchcock, 1953)
Mathieu Kassovitz em Amen. (Costa-Gavras, 2002)
Mathieu Kassovitz em Amen. (Costa-Gavras, 2002)
Ewan McGregor em Angels & Demons (Ron Howard, 2009)
Ewan McGregor em Anjos e Demônios (Angels & Demons, Ron Howard, 2009)

O bom e velho colar clerical. Infalível.

Publicado por Adriana Scarpin

Bibliófila, ailurófila, cinéfila e anarcafeminista. Really. Podem me encontrar também aqui: https://linktr.ee/adrianascarpin

2 comentários em “Feliz Dia do Padre

    1. Belmondo de batina é uma loooooucura. Canastrão mesmo, porque de todos os citados nenhum é menos convincente do que ele, Bebel tem um “sem-vergonha-filho-da-puta” escrito na testa e nada apaga isso.

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: