Sexo, Escândalos e Celebridade (Bright Young Things, 2003)

Definitivamente este filme é a cara do Stephen Fry, cada segundo de película exala a ele em excesso. Cada palavra, cada gesto, cada figurino, cada olhar, cada cenário, cada música, é tudo Fry de cabo a rabo.
E Stephen Fry voltando ao clima de Jeeves & Wooster só que com muito mais tragicomédia. Há a impressão inegável de que vemos um episódio estendido do seriado em todo seu estilo verbal e visual, inclusive a personagem de Stephen Campbell Moore é basicamente Wooster cuspido e escarrado em suas atrapalhadas. Aliás, pode colocar Stephen Campbell Moore como um dos tops da nova safra britânica, ele é dos excelentes.
Tem tanta gente boa nesse filme, Peter O’Toole provoca dores de riso como o velho amalucado pai de Emily Mortimer, além da presença de John Mills em sua última aparição no cinema… Michael Sheen, Stockard Channing, Dan Aykroyd, David Tennant, Jim Broadbent, Imelda Staunton, mas quem acaba por ser o alter ego de Fry é mesmo a personagem de James McAvoy, trágica e claramente de personalidade instável e Fry sempre poderá se orgulhar de ter descoberto o jovem escocês por tê-lo colocado no mapa cinematográfico. Enfim, por uma razão ou outra é sempre bom dar uma espiada neste trabalho.

Nota: A pergunta é: quando vão colocar o Fry para fazer uma participação em House? Porque não agiliza logo e coloca o cara alí pra ter um embate intelectual com o Greg, hein? hein?

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: