Filmes bacanas de cada ano que o cinema viveu: 1963

Um Dia, Um Gato (Az Prijde Kocour, Vojtech Jasný)

Boca de Ouro (1963) Odete lara & Jece Valadão

Vidas Secas / Boca de Ouro (Nelson Pereira dos Santos)

The Great Escape (1963)

Fugindo do Inferno (The Great Escape, John Sturges)

Le Mépris - Jack Palance, Fritz Lang, Michel Piccoli

O Desprezo / Viver a Vida / O Pequeno Soldado (Le Mépris / Vivre Sa Vie / Le Petit Soldat, Jean-Luc Godard)

Charade - Cary Grant, Audrey Hepburn

Charada (Charade, Stanley Donen)

The Damned (1963) Oliver Reed

Os Malditos / O Criado (The Damned / The Servant, Joseph Losey)

Shock Corridor (1963)

Paixões que Alucinam (Shock Corridor, Samuel Fuller)

La frusta e il corpo (1963) - Daliah Lavi

O Chicote e o Corpo / As Três Máscaras do Terror / Olhos Diabólicos (La Frusta e il Corpo / I Tre Volti della Paura / La Ragazza che Sapeva Troppo, Mario Bava)

8½ (1963) - Eddra Gale & Barbara Steele

8½ (Federico Fellini)

A Casa é Escura (Khaneh Siah Ast, Forugh Farrokhzad)

Nota: Para manter viva esta série, agora não há mais anotações bobas, nem numeração, nem grau de importância pessoal, são só filmes que muito me apetecem por um motivo ou outro. Só não vale passar de 10.

6 thoughts on “Filmes bacanas de cada ano que o cinema viveu: 1963

    • A bem da verdade eu esqueci que o Carabiniers era de 63, também deve ter sido o ano mais prolixo do homem, além daquele pedaço do ROGOPAG. Mas isso por sorte foi apenas um lapso meu (sabe como é, fui educada nos velhos tempos de livros de papel e bibliotecas, quando as pessoas lembravam das coisas que leram ou não, sem precisar procurar na internet informações antes de proferir qualquer sentença), mas eu poderia muito bem não gostar muito do filme, não? Mas esse não é o caso, logo mais arrumo essa minha “fallha”.

      Like

  1. Sou muito fã deste tópico. Gostava muito do formato antigo com os textos (não tão) bobos, mas fico feliz que ele continue.
    Acho incrível o Mario Bava ter feito três filmes neste ano. Mas vejo que o Godard também fez três e o Joseph Losey dois.
    Saudações

    Like

    • Putz! Achei que ninguém lia! hehehe
      Sabe como é, fase meio estou-falando-com-as-paredes-e-perdendo-meu-tempo-então-vou-guardar-minhas-opiniões-pra-mim…

      Like

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: