Sou eu que estou ficando velha…

… ou minha cota de paciência com histeria coletiva já passou? Às vezes penso estar no meio das bruxas de Salem. Como assim um filmeco desses em três semanas já passou a arrecadação de O Retorno do Rei!?! Só ontem consegui ir assití-lo porque eu não estava com a mínima vontade de vê-lo e até agora acho que deveria ter visto o filme com Bob e Jude na sala ao lado. Não, não é um filme ruim, mas nada que justifique toda essa histeria absurda (coisa que igualmente aconteceu com os ótimos Cavaleiro das Trevas e o menos rentável Inglourious Basterds) – histeria esta que muito me preocupa, pois se as pessoas estão sensivelmente tão manipuláveis com relação a idas ao cinema, imagine o passo pequeno para isso se transformar em outro tipo de manifestação coletiva para o bem ou para o mal.

Sam Worthington como ser humano - porque sou especicista e não gosto de gente azul, mesmo sarados e com relações sexuais naturalmente tântricas.

Considerações básicas:

– Não é possível, em 2154 os humanos exterminaram a Terra mas as tatuagens tribais continuaram???

– Nunca pensei ver o James Cameron depois de velho virando o Spielberg. E nem dá para dizer que é crise de meia idade porque o Cameron já teve uma e se chamou Titanic. Mas o ET do tio Steven ainda me soa mais verossímel do que o povo azul, além do fato que Spielberg é um cineasta sincero e o James Cameron, ao menos neste filme, não.

– Obrigada Obrigada Origada por Sigourney Weaver estar revivendo completa e identicamente a sua personagem de A Montanha dos Gorilas, depois da dona Ripley, a dona Fossey é a melhor personagem de sua carreira.

– Gosto muito daquela cena da luta entre o militar e Zoe Saldana, não da luta em si mas o que representa: o ser em comunhão com a máquina versus o ser em comunhão com o animal (a natureza) – o que é uma baita ironia, já que tal cena foi feita por capturas de movimento de interação homem-máquina e a intenção de Cameron era proporcionar o mesmo tipo de interação espectador-cinema na perspectiva sensorial das grandes salas de 3D – algo que para mim não funcionou. Mas é claro que minhas preferências e experiências não contam, sou daqueles seres pouco evoluídos que nunca tiveram um celular ou sequer sabem dirigir.

– Não dá. Não aguento mais militares babacões como vilões de filmes. Isso cansa. Será que esses cineastas todos ainda não notaram que Lee Ermey matou todo e qualquer possível personagem militar há quase 25 anos atrás?

– O que agradou a maioria me desagradou e o que desagradou a maioria me agradou. Toda aquela tecnologia não quer dizer absolutamente nada pra mim, toda aquela suposta beleza e afins nada me apeteceu, aquela aparência é ainda gloriosamente fake – o ponto de empatia foi justamente o que andam chamando de new age e hippie, mas que condizem com minhas escolhas ético-alimentares (mais especificamente por minha escolha por aquelas coisas que todo mundo ama e respeita como budistas e vegetarianos) o mais engraçado disso é que Star Wars e Matrix dividiam exatamente o mesmo discurso filosófico mas nunca foram chamados de “new age” e “hippie”, só porque trocaram computadores e sabres de luz por árvores, supostamente o tal do discurso virou breguice de livro de auto-ajuda. Além do mais Avatar nada mais é do que um western intergalático – um western pós anos 60 que fique bem claro, na linha de Um Homem Chamado Cavalo, O Pequeno Grande Homem e Dança com Lobos.

– Será que Avatar não é apenas um filme sobre a ligação emocional e sensorial do homem com a sala de cinema – ligação esta que está dolorosamente sendo extinta por conta de computadores e LCDs? Não é nada sobre política, filosofia, ecologia, é apenas sobre a tentativa de salvar a desgastada relação homem-cinema, mas que infelizmente não funcionou para mim.

Publicado por Adriana Scarpin

Bibliófila, ailurófila, cinéfila e anarcafeminista. Really. Podem me encontrar também aqui: https://linktr.ee/adrianascarpin

4 comentários em “Sou eu que estou ficando velha…

    1. É lógico que Avatar é pior que Aliens. Gosto do Aliens tanto quanto dos dois Terminators e de True Lies e gosto mais do Alien Cameronico do que os do Fincher e do Jeunet – mas é aquela coisa, faz tanto tempo que não vejo quaisquer desses filmes e nunca me sinto muito à vontade para dizer algo sobre filmes que vi há mais de uma semana, sabe como é, mesmo com a memória boa, minhas variações de percepção são mais ligeiras do que gostaria que fossem.

      Curtir

  1. Também não gostei de Avatar, levei semanas pra criar coragem e ir assistir, cheguei lá e aquela sessão não era em 3D, assisti mesmo assim. Não acho que ter visto em 3D mudaria a minha opinião. Achei a história bem fraca e nem sequer a arte do filme me prendeu. Pra mim foi só mais um filme… Na verdade, não faz meu estilo, só fui ver pra tentar entender o frenesi… Em alguns momentos me preocupei com a mensagem que estava sendo transmitida (se havia uma intencionalmente, nada é por acaso). Filminho com uma ideologia perigosa, fiquei me perguntando que povo estava sendo representado por aquele povo azul, que obviamente só se salvaria com uma ajudinha do além.

    O único prazer que tive foi a Sigourney Weaver. hahahaha. Sim, eu gosto dela.

    Faz tempo que não fico feliz no cinema.

    Curtir

    1. Sigourney Weaver é ultra mega hiper foda – SEMPRE. Não lembro de um momento sequer de sua carreira em que ela tenha me decepcionado, os filmes em que ela esteve sim, mas ela, nunca.
      Quanto à personagem dela, gostei muito de um depoimento do Cameron no NYT:
      “Also, from a character perspective, we were showing that Grace doesn’t care about her human body, only her avatar body, which again is a negative comment about people in our real world living too much in their avatars, meaning online and in video games.”
      KKKKKK os nerds-geeks subiram nas tamancas quando leram isso – ora bolas, ele não disse nenhuma mentira, não é?

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: