Ian Carmichael (1920 – 2010)

Também conhecido como Bertie-Wooster-que-não-era-o-David-Niven-nem-o-Hugh-Laurie.

Agora falando sério, além de ter pertencido à muito amada e distinta casa dos Woosters, Ian Carmichael fez parte da fina flor da comédia britânica dos anos 50 e 60, portanto, por osmose me tornei fã dele. Nas suas passagens pelo cinema muito aprecio e recomendo os classiquérrimos Private’s Progress (1956) & Papai é Nudista (I’m All Right Jack, 1959) de John Boulting e Escola de Pilantras (School for Scoundrels, 1960) do Robert Hamer.

Publicado por Adriana Scarpin

Bibliófila, ailurófila, cinéfila e anarcafeminista. Really. Podem me encontrar também aqui: https://linktr.ee/adrianascarpin

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: