Top-dúzia: David Niven

The hardest thing in the world to do, for a director, is a comedy. If you do a drama, that doesn’t quite come off, you may still have a fairly good drama, but if a comedy does not come off, you’ve got a disaster. There’s no covering up with a comedy. They’re frightfully hard to write, very difficult to direct, and they’re not at all easy to act, as a matter of fact.

Só é preciso saber uma coisa a respeito de David Niven: foi um dos seres mais engraçados que passaram pela terra.

1- Neste Mundo e No Outro (A Matter of Life and Death, Michael Powell / Emeric Pressburger, 1946)

2- A Oitava Esposa do Barba Azul (Bluebeard's Eighth Wife, Ernst Lubitsch, 1938)

3- O Morro dos Ventos Uivantes (Wuthering Heights, William Wyler, 1939)

4- Bom Dia Tristeza (Bonjour Tristesse, Otto Preminger, 1958)

5- Vidas Separadas (Separate Tables, Delbert Mann, 1958)

5- Fogo de Outono (Dodsworth, William Wyler, 1936)

6- O Prisioneiro de Zenda (The Prisoner of Zenda, John Cromwell / W.S. Van Dyke, 1937)

7- Quatro Homens e uma Prece (Four Men and a Prayer, John Ford, 1938)

8- Patrulha da Madrugada (The Dawn Patrol, Edmund Goulding, 1938)

9- Um Anjo Caiu do Céu (The Bishop's Wife, Henry Koster, 1947)

10- A Pantera Cor de Rosa (The Pink Panther, Blake Edwards, 1963)

11- Os Canhões de Navarone (The Guns of Navarone, J. Lee Thompson / Alexander Mackendrick, 1961)

12- Ingênua até Certo Ponto (The Moon Is Blue, Otto Preminger, 1953)

Excelente artigo sobre o homem no Times: David Niven bursts his own balloon
(onde sabemos que a vida dele foi na verdade uma trama de novela das oito)

Nota 1: Toda vez que houver um top-dúzia ou 5, é porque aconteceu algo que me fez lembrar do indíviduo alvo, pode ser morte, centenário ou aniversário qualquer e não é necessário ficar mencionando o que diabos aconteceu, mas no caso do Niven é o centenário.

Nota 2: Aí você me pergunta, Onde está A Volta ao Mundo em 80 Dias? Niven como o Phileas Fogg definitivo? Ora essa, esse filme é muito chato e looooongo demais para a sua chatura proporcional. Filmes não se fazem apenas com gente sensacional reunida, felizmente é preciso mais do que isso.

Nota 3: É sempre bom mencionar que Ian Fleming em pessoa achava que Niven seria o ator perfeito para encarnar James Bond, mas os produtores já na época de Dr No acharam que ele seria muito velho, ironicamente os mesmos gostariam de Cary Grant para o papel, logo Grant que era seis anos mais velho que Niven. Provavelmente foi por esse incidente que Niven virou o Bond aposentado de Casino Royale.

Nota 4: Perdi a conta de quantos filmes Niven fez ao lado de Deborah Kerr, deve ser um número por volta dos 5 – eles tinham grande feeling juntos, embora Kerr sempre tenha aparentado ter uma química estupenda com todos os atores – vai ver que é isso que se chama “atriz de verdade”. Um ano bastante interessante para o duo foi 1958, de um lado Separate Tables, onde ambos encarnavam pessoas maduras que se gostavam mas com grande repressão sexual, do outro o exato oposto da situação em Bonjour Tristesse, onde são pessoas maduras com a sexualidade muito bem resolvida, mas justamente por isso não são capazes de ficarem juntos.

Nota 5: Não disse? Por pouco Miss Stanwyck não entra aqui também, se fosse um top-15 A Orquídea Branca (The Other Love, Andre de Toth, 1947) daria as caras.

Nota 6: Marlon Brando dizia que as filmagens de Dois Farristas Irresistíveis (depois refilmado como Dirty Rotten Scoundrels com Steve Martin no papel de Brando e Michael Caine no lugar de Niven) foram as mais difíceis de sua carreira e para alguém que sempre tornava o set de filmagens intragável para seus colegas e diretores, até que é uma boa vingança a se agradecer ao Niven. Brando não conseguia filmar suas cenas  porque sempre caía num ataque convulsivo de riso e o único meio de terminar o filme foi deixar de olhar diretamente nos olhos de Niven toda vez que dividiriam cena, isso não aconteceria se fosse com o Peter Sellers, se assim fosse provavelmente furariam os olhos um do outro. Bedtime Story entraria fácil no top-15, é muito bom.

Advertisements

4 thoughts on “Top-dúzia: David Niven

  1. David Niven: curto de passión :D

    Mas ó, enviei um e-mail pra sua conta do gmail, mas não sei se você ainda acessa. Queria saber onde cê mora. Desconfio que seja São Paulo, certo?

    Like

      • Hahahahaha. não não. É que eu tô indo pra lá, entre os dias 19 e 24 desse mês. é a primeira vez que eu vou só, sem a muleta dos amigos daqui de natal. Aí tenho entrado em contato com o povão das interwebz massa, pra me ciceronearem ao menos uma vez enquanto tô por aí. Sair pros ROLÉ NÉ :D Queria saber se você tava disponível num desses dias, prum ROLÉ nos BY NIGHT (me divirto altos com esses termos). E você não tem pinta nenhuma de paulistano cuzão, não não.

        Like

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: