Retrospectiva Lost: Homarada amarrada

. . . . . Não sei de quem é o fetiche, mas funciona bem demais. Melhor ainda quando torturados, contidos, drogados, tentados pelo demo ou esperando a iluminação sob uma árvore. De todos as personagens o Jin é a que mais evoluiu como ser humano desde o princípio, ele é o único que sempreContinuar lendo “Retrospectiva Lost: Homarada amarrada”

24 frames: A Matter of Life and Death (1946)

Assisto tanto este filme que em breve começarei a vomitar. Have you ever seen the soul? A maluca que escreveu este livro é uma especialista na área neurológica, a verdade que este livro é um dos mais inusuais sobre cinema que já tive notícia, você encontra zilhões de trabalhos sobre cinema com o ponto deContinuar lendo “24 frames: A Matter of Life and Death (1946)”

The Cheshire Cat

Lógico que quero um gato ronronando feito o Stephen Fry 24 horas ao dia, mas o problema do Cheshire Cat é que apesar da voz ultra charmosa e com isso Fry proporcionar a melhor personalidade do gato desde sempre, em essência ele foi totalmente aniquilado e ninguém aniquila o melhor e mais extraordinário personagem deContinuar lendo “The Cheshire Cat”

Al Pacino 7.0

Apesar de toda chafurdação na lama atual, o homem era demais e não há como negar. Além do que, ele em Um Dia de Cão é uma das coisas mais fofíssimas que o cinema dos anos 70 nos legou. Top 5 parcerias: 1- Francis Ford Coppola 2- Sidney Lumet 3- Michael Mann 4- Brian DeContinuar lendo “Al Pacino 7.0”

Cem anos de Simone Simon

Qualquer pessoa que tenha sido musa na vida e na arte de Max Ophüls e George Gershwin merece todos os louvores possíveis, como se não bastasse mérito tão elevado, Simon foi o protótipo de tudo que a mulher francesa representa para o cinema – indo da ingenuidade sexy à mais absoluta representação do devious, deixandoContinuar lendo “Cem anos de Simone Simon”

24 frames: Highlander (1986)

Give me your hand, brotha. When only a few of us are left, we will feel an irresistible pull towards a far away land… to fight for the prize. You can’t drown, you fool, you’re immortal! Why does the sun come up, or are the stars just pinholes in the curtain of night? Who wantsContinuar lendo “24 frames: Highlander (1986)”

Texto interessante do dia: My Son Killed Adolf Hitler by Sheldon Roth

I knew the murder of Adolf Hitler as a fact. I had read the script, been informed by my son Eli that he was going to “shoot Hitler in the face until his head exploded,” discussed the murder with the film’s director Quentin Tarantino, even watched filming in Berlin on the very stages where NaziContinuar lendo “Texto interessante do dia: My Son Killed Adolf Hitler by Sheldon Roth”

Retrospectiva Lost: Gatos de Enter 77

Agora que estou saudosista porque só falta um mês para essa joça acabar, eventualmente colocarei algumas menções de pequenas coisas que me foram marcantes no seriado. Este em especial, me deixou deveras apreensiva porque explodiram a casa do russo doidão com o gato dentro, mas obviamente o gato saiu ileso. Nem é preciso dizer queContinuar lendo “Retrospectiva Lost: Gatos de Enter 77”

Professor Fate’s Spring-Loaded, Great-Racing Spring Break Movie Quiz

1) William Demarest or Broderick Crawford? 2) What movies improve when seen in a state of altered consciousness? Todos? 3) Favorite studio or production company logo? 4) Celeste Holm or Joan Blondell? 5) What is the most overrated “classic” film? Todos, nada criado pelo ser humano vale suficientemente a pena. Embora não lembre de nenhumContinuar lendo “Professor Fate’s Spring-Loaded, Great-Racing Spring Break Movie Quiz”