I can’t stand that fantastic note. When the rabbit bites his own head off, I want you to throw that fucking radio into the tub with me.

Falemos sério agora: Jack é o Duke, Locke é o Gonzo e Desmond é o rádio. Pronto. Fechou. Ou é o contrário? Rá.

Porque acordei com essa música (e respectiva cena) na cabeça. Revisitar o senhor Huxley (e o seu double H – o senhor Hesse) está me dando uns feedbacks nervoso, será que já não é hora de voltar e redescobrir? Será que o fato de ser um indivíduo completamente novo e distinto não me mostrará uma realidade completamente diferente daquela que outrora percebi?

Nota: “I DON’T DISCUSS MY FILMS”—AN INTERVIEW WITH DIRECTOR KEN RUSSELL

Publicado por Adriana Scarpin

Bibliófila, ailurófila, cinéfila e anarcafeminista. Really. Podem me encontrar também aqui: https://linktr.ee/adrianascarpin

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: