Mario Monicelli (1915 – 2010)

Aff, o que acontece hoje? Top 5:

1- O Incrível Exército de Brancaleone (L'armata Brancaleone, 1966)
2- A Grande Guerra (La Grande Guerra, 1959)
3- Os Eternos Desconhecidos (I Soliti Ignoti, 1958)
4- Meus Caros Amigos (Amici Miei, 1975)
5- Os Companheiros (I Compagni, 1963)

Muito amor por Brancaleone, um dos filmes mais importantes da minha vida e o Monicelli está alí pau a pau com Lubitsch como gênio da comédia.

Publicado por Adriana Scarpin

Bibliófila, ailurófila, cinéfila e anarcafeminista. Really. Podem me encontrar também aqui: https://linktr.ee/adrianascarpin

3 comentários em “Mario Monicelli (1915 – 2010)

    1. Sensacional o blog. Tem um blog também, não sei se você conhece, de um carinha que analisa a cultura pop sob a perspectiva junguiana que é bem legal, mas tenho que achar se guardei o endereço em algum lugar… por isso que tenho que guardar tudo que encontro de interessante na internet via blog (está tudo uma zona tenho mais de 300 posts programados – isso é quase um ano!), principalmente depois que meu computador antigo explodiu e perdi tanta coisa que nunca mais vou ver de novo…

      Quanto ao Mario, se você está num hospital, tem 95 anos e câncer na próstata, a coisa mais sensata a fazer é certamente pular a janela.

      Curtir

  1. Não conheço esse blog aí, mas vou procurar. Andei linkando uns lá no meu, sobre mil assuntos (cinema, Jung, fotografia médica…), acho que é o melhor jeito de não perder mesmo. Perdi vários nos favoritos do Firefox, mas nada que se compare a 300 posts (!).

    Falando em hospital, finalmente comecei a ver House. Vi as duas primeiras temporadas em pouco mais de uma semana, to na terceira agora. Como não ser contagiado pelo humor mau humorado e rabugento? O cara é foda mesmo, e pensar que inicialmente o seriado não teria o House!
    Melhores momentos das duas primeiras temporadas: House contando a própria história pros estudantes (no Three Stories); House sendo baleado e tendo alucinações; e finalmente, House aplicando injeção na Cuddy.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: