Cem anos de Lucille Ball

A mulher é conhecida até hoje como o maior ícone da TV de todos os tempos, não só nos EUA, mas algo que acabou se espalhando pelo mundo (talvez não na Rússia, rá!), mas antes disso ela já demonstrava todo o seu talento como show-woman quando ainda era a ruivassa rainha dos filmes B dos anos 30 e 40.
Top-dúzia, então:

1- No Teatro da Vida (Stage Door, Gregory La Cava, 1937)

2- A Vida é uma Dança (Dance, Girl, Dance, Dorothy Arzner, 1940)

3- Five Came Back (John Farrow, 1939)

4- Vida Fácil (Easy Living, Jacques Tourneur, 1949)

5- Algemas para Dois (Two Smart People, Jules Dassin, 1946)

6- Emboscada (Lured, Douglas Sirk, 1947)

7- Envolto nas Sombras (The Dark Corner, Henry Hathaway, 1946)

8- Ziegfeld Follies (Segmento de George Sidney, 1945)

9- Nas Águas da Esquadra (Follow the Fleet, Mark Sandrich, 1936)

10- Por Conta do Bonifácio (Room Service, William A. Seiter, 1938)

11- Rua da Ilusão (The Big Street, Irving Reis, 1942)

12- Eu e Meu Anjo (Forever, Darling, Alexander Hall, 1956)

Nota: E o google? Quero ver se amanhã colocarão um tapa-olho num dos Os e um cigarro aceso logo abaixo em homenagem ao tio Ray. Humpf.

2 pensamentos sobre “Cem anos de Lucille Ball

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: