Retrospectiva Lost: Top-dúzia Desmond (antes que acabe em merda)

*Top “coisa linda de mamãe” e não necessariamente melhores momentos e episódios. Nota The Candidate: Rá! Jin & Sun estavam prontos mesmo. Isso quer dizer que quem escreve essa merda é realmente bom e não fica introduzindo deus ex machina antes ou depois da hora. O resto do povo? O mesmo de sempre, Princesa Léia,Continuar lendo “Retrospectiva Lost: Top-dúzia Desmond (antes que acabe em merda)”

Retrospectiva Lost: Homarada amarrada

. . . . . Não sei de quem é o fetiche, mas funciona bem demais. Melhor ainda quando torturados, contidos, drogados, tentados pelo demo ou esperando a iluminação sob uma árvore. De todos as personagens o Jin é a que mais evoluiu como ser humano desde o princípio, ele é o único que sempreContinuar lendo “Retrospectiva Lost: Homarada amarrada”

Retrospectiva Lost: Gatos de Enter 77

Agora que estou saudosista porque só falta um mês para essa joça acabar, eventualmente colocarei algumas menções de pequenas coisas que me foram marcantes no seriado. Este em especial, me deixou deveras apreensiva porque explodiram a casa do russo doidão com o gato dentro, mas obviamente o gato saiu ileso. Nem é preciso dizer queContinuar lendo “Retrospectiva Lost: Gatos de Enter 77”

Porque esse post é muito bom para só deixar um link

  Thursday, April 08, 2010 So If… … Desmond meets his supposed true-love Penny in the alternate time-line at the same track where he met Jack in the real time-line, does that mean that Jack is actually his real true-love, in the real real time-line? I just ask because I’d like to know if that’sContinuar lendo “Porque esse post é muito bom para só deixar um link”

Achado bloguístico do dia: Geronimo Jack’s Beard & Dispatches from the Island

Porque o Jorge Garcia tinha dois blogs (quem mais daquele elenco teria blog, oras?) e eu não sabia! Geronimo Jack’s Beard (que divide com a namorada) & Dispatches from the Island (que é pessoal) Jorge Garcia has no Twitter , Facebook or MySpace accounts.

Retrospectiva Lost: Top-dúzia gatíssimos

. . . . . . . . . . . . Nota: É claro que com gatíssimos não me refiro a beleza estrita porque é óbvio que Josh Holloway, Ian Somerhalder e Rodrigo Santoro foram os mais rigorosamente belos, me refirio aqui àquele outro apelo. ThanskstoLost

Haroun e o Mar de Histórias

BE DEAD SLOW OR BE DEAD Now the Tale of the Moody Land was one of Rashid Khalifa’s best-loved stories. It was the story of a magical country that changed constantly, according to the moods of its inhabitants. In the Moody Land, the sun would shine all night if there were enough joyful people around,Continuar lendo “Haroun e o Mar de Histórias”

Hugo tem uma arma e sabe como usá-la

O que acontece quando um jogo de facas, um cadáver e um escocês desaparecem de um avião no meio do Pacífico? Tenho uma idéia, mas deviam elaborar uma boa piada com isso.

What lies in the shadow of the statue?

Assisti essa semana a metade que faltava da quinta temporada e realmente não tenho mais paixão nenhuma por esse seriado. Segundo as fotos de divulgação acima com as personagens principais da sexta temporada, a ausência de duas das minhas favoritas (Juliet e Desmond – ou só estão escondendo os spoilers?) e a presença-ausência de LockeContinuar lendo “What lies in the shadow of the statue?”

Top 5 espécimes masculinos dos seriados americanos atuais

1- Hugh Laurie (Gregory – House M.D.)Profissão: Médico e pentelho Combustível: Tudo que você possa imaginar (ainda estou esperando ele chamar o Ledger de amador por ter morrido de overdose de Vicodin) 2- Henry Ian Cusick (Desmond – Lost)Profissão: Ex-Padre, ex-militar, ex-apertador de botão, ex-esportista, etc etc etc Combustível: Álcool 3- John Slattery & JonContinuar lendo “Top 5 espécimes masculinos dos seriados americanos atuais”

Confissões…

Tenho uma confissão bem estranha a fazer, daquelas que me dão certa vergonha e não assumo para ninguém: Eu parei de acompanhar Lost no episódio 9 da quarta temporada. Pronto, falei. Quem me acompanha nesses anos de vida blogueira de merda sabe que eu era “ligeiramente” obcecada pelo seriado, mas cheguei naquele ponto e deiContinuar lendo “Confissões…”