Centenário de William Holden

Bom, desnecessário apresentações, uma vez que o Holden abria o seu sorrisão ou dava uma tiradinha irônica, não havia escapatória para o seu charme infinito. Nunca um top me foi tão sofrido, entre outros profissionais de cinema sempre me foi fácil escolher entre um e outro filme, aqui eu realmente não sabia o que ficavaContinuar lendo “Centenário de William Holden”

Cem anos de Ginger Rogers

Não sou realmente uma fã de Rogers (ao contrário do que alguns pensam, não é porque é objeto de interesse que existe alguma afinidade entre este e seu locutor), gosto bastante de muita coisa que ela fez, especialmente cantando e dançando (por outro lado me derreto pelo Fredie… sempre), mas se compararmos sua carreira dramática/cômicaContinuar lendo “Cem anos de Ginger Rogers”