24 frames: Inglourious Basterds (2009)

Pronto. Resisti à tentação de colocar 24 caps só do Archie. *Clique nas mesmas para ver a imagem do tamanho da lua

Hollywood Portfolio da Vanity Fair 2010 por Annie Leibovitz

Observações: – Por que o Tarantino sempre tem que ser o mais doente? – Ó céus, Tom Ford de barba.

Golden Globes

É a primeira vez que assisto a cerimônia do Globo de Ouro. Primeiro porque nunca tive tv por assinatura (e ainda não tenho!), segundo porque nunca me interessou. Mas hoje queria ver se o JB ganharia e – cara! – aquilo foi lindo. Todo mundo se levantou para aplaudí-lo de pé, todo mundo sinceramente extasiadoContinuar lendo “Golden Globes”

Cozinhando com Hans Landa: Apfelstrudel

Landa is very passive-aggressive when it comes to dealing with people, and often very violent. But my favorite scene is the one where you attack a strudel. You go after that dish with such flourish and violence. What are your thoughts on that scene and what is being expressed in it? Christoph Waltz: [laughs] Well,Continuar lendo “Cozinhando com Hans Landa: Apfelstrudel”

Top dúzia: Bastardos Gloriosos

Depois da overdose de mulherões que Tarantino promoveu em Kill Bill e Death Proof, fica aqui o meu agradecimento pela quantidade e qualidade dos homens presentes em Inglourious Basterds. Nota: Isso também foi um post de vida ou morte. É um bagulho muito importante. Muito importante. MESMO. Fortemente regozijo-me de sua importância.