Centenário do tio João (e nem é o arroz)

É claro que um dos meus verdadeiros xodós literários não passaria batido, o homem é uma loucura e todo mundo devia saber disso, bata uma coisa chamada Oswald de Andrade com outra chamada James Joyce e dá noutra de nome Guimarães Rosa. Além de tudo, o homem que não era bobo nem nada, foi obcecadoContinuar lendo “Centenário do tio João (e nem é o arroz)”