Top dúzia: Joan Bennett

Homenagem ao centenário da moça, digamos que ela foi musa de um pessoal razoavelmente bom, não? Dentre seus méritos, o mais notório é fato de ter trabalhado tantas vezes com Fritz Lang, pois a lenda reza que era raro alguém ter paciência em travar uma parceria mais longeva com o senhor Fritz – parceria esta que terminou com os constantes atritos e retumbante bagunça durante as filmagens do seu pseudo-Rebecca-pseudo-Jane Eyre.

MacMurray, Lombard e o pastelão corriqueiro entre um take e outro

Esse é para encerrar o mês de comemorações, nada melhor que bolo nas fuças para isso. Nota 1: Claro que montei algumas coisas lá no CafePress este mês. Caneca de Miss Lombard é tudo na vida de uma pessoa. Nota 2: No embalo, que fique aqui os endereços de sites e produtos que abasteceram eContinuar lendo “MacMurray, Lombard e o pastelão corriqueiro entre um take e outro”

Centenário de Carole Lombard – Parte 3

6- Nada é Sagrado (Nothing Sacred, William A. Wellman, 1937) Nada é Sagrado é tido não só como um dos melhores filmes de Carole, como um das melhores comédias de sempre, por pecado meu ou não, este é um filme que não significa muito para mim. Apesar de ser fã de Carole e Fredric March,Continuar lendo “Centenário de Carole Lombard – Parte 3”

Centenário de Carole Lombard – Parte 4

11- A Ceia das Donzelas (Love Before Breakfast, Walter Lang, 1936)Nos anos 30 era praxe colocar mulher sendo espancada como alívio cômico, na verdade bem pouco me recordo desse filme e só lembro do Preston Foster socando Carole sem querer, Cesar Romero bancando seu habitual latin lover e Carole encarnando a mulher geniosa com extraçãoContinuar lendo “Centenário de Carole Lombard – Parte 4”

Centenário de Fred MacMurray

Barbara Stanwyck e Fred McMurray em Pacto de Sangue Top 5 MacMurray 1- Pacto de Sangue (Double Indemnity, Billy Wilder, 1944) 2- Se Meu Apartamento Falasse (The Apartment, Billy Wilder, 1960) 3- Corações Unidos (Hands Across the Table, Mitchell Leisen, 1935) 4- Ela e o Secretário (Take a Letter, Darling, Mitchell Leisen, 1942) 5- Lembra-teContinuar lendo “Centenário de Fred MacMurray”