Ivo Garrani (1924 – 2015)

Top 5: 1- Milano Calibre 9 (Fernando di Leo, 1972) 2- O Leopardo (Il Gattopardo, Luchino Visconti, 1963) 3- A Máscara de Satã (La Maschera del Demonio, Mario Bava, 1960) 4- Sessão Especial de Justiça (Section Spéciale, Costa-Gavras, 1975) 5- Casanova 70 (Mario Monicelli, 1965)

Anita Ekberg (1931 – 2015)

Top-5, então: 1- A Doce Vida (La Dolce Vita, Federico Fellini, 1960) 2- Boccaccio 70 (Federico Fellini/Vittorio De Sica/Luchino Visconti/Mario Monicelli, 1962) 3- Guerra e Paz (War and Peace, King Vidor, 1956) 4- Sete Vezes Mulher (Woman seven Times, Vittorio De Sica, 1967) 5- Artistas e Modelos (Artists and Models, Frank Tashlin, 1955)

Virna Lisi (1936 – 2014)

Top 5, então: 1- Eva (Joseph Losey, 1962) 2- Casanova 70 (Mario Monicelli, 1965) 3- A Rainha Margot (La Reine Margot, Patrice Chéreau, 1994) 4- Confissões á italiana (Signore & Signori, Pietro Germi, 1966) 5- A Moça e o General (La Ragazza e il Generale, Pasquale Festa Campanile, 1967)

Marcello Mastroianni faria 90 anos hoje.

Céus, ô homem lindo, top-dúzia então: 1- 8½ (Otto e Mezzo, Federico Fellini, 1963) 2- La Dolce vita (Federico Fellini, 1960) 3- A Noite (La Notte, Michelangelo Antonioni, 1961) 4- Ciúme à Italiana (Dramma della gelosia – tutti i particolari in cronaca, Ettore Scola, 1970) 5- Esposamante (Mogliamante, Marco Vicario, 1977) 6- A Comilança (LaContinuar lendo “Marcello Mastroianni faria 90 anos hoje.”

Centenário de Suso Cecchi D’Amico

O top dúzia, então:. 1- Ludwig – O Último Rei da Bavária (Luchino Visconti, 1972) 2- Rocco e seus Irmãos (Rocco e i suoi fratelli, Luchino Visconti, 1960) 3- Salvatore Giuliano (Francesco Rosi, 1962) 4- O Leopardo (Il Gattopardo, Luchino Visconti, 1963) 5- Ladrões de Bicicleta (Ladri di biciclette, Vittorio De Sica, 1948) 6- ViolênciaContinuar lendo “Centenário de Suso Cecchi D’Amico”

Mario Monicelli (1915 – 2010)

Aff, o que acontece hoje? Top 5: Muito amor por Brancaleone, um dos filmes mais importantes da minha vida e o Monicelli está alí pau a pau com Lubitsch como gênio da comédia.

Filmes bacanas de cada ano que o cinema viveu: 1966

1- O Incrível Exército de Brancaleone (L’ Armata Brancaleone, Mario Monicelli)Antes de Monty Python houve Mario Monicelli & Co. Top 5 melhores comédias de sempre, sátira política ácida e obra prima da linguagem cômica. Este blog deveria se chamar Brancaleonando e não Quixotando em homenagem a personagem ainda mais patética do que o próprio Quixote.Continuar lendo “Filmes bacanas de cada ano que o cinema viveu: 1966”

Tudo azul…

Literalmente tudo azul. A final da Copa hoje não é, para mim, um embate futebolístico e sim um jogo entre a melhor literatura do mundo contra o melhor cinema do mundo, por isso vou dar uma de Ricardo Teixeira e não só escolher o técnico e seu assistente, mas escalar todo o time do jogo,Continuar lendo “Tudo azul…”