2666 de Roberto Bolaño e Robert Rodríguez.

Charly Cruz perguntou se ele gostava de Spike Lee. Sim, disse Fate, se bem que na verdade não gostasse. – Parece mexicano – disse Charly Cruz. – Pode ser – disse Fate – , é um ponto de vista interessante. – E Woody Allen? – Gosto – respondeu Fate. – Esse também parece mexicano, masContinuar lendo “2666 de Roberto Bolaño e Robert Rodríguez.”