O Fator Humano (The Human Factor, 1979)

1563 1980 Elfactorhumano Ingles 189325

Último filme de Otto Preminger, roteiro do lendário Tom Stoppard adaptado de um livro de Graham Greene, elenco predominantemente britânico de dar arrepios e de brinde introdução de Saul Bass. Agora me diz, tem alguma forma desse filme dar errado? Tem.
Os anos 60 e 70 foram povoados por filmes de espionagem britânicos com gente cool como Harry Palmer e James Bond como protagonistas, aí aparece O Fator Humano com uma espionagem totalmente burocrática e, err, chata. Como diz a personagem de Derek Jacobi numa cena do filme: “Eu sou um romântico, vim aqui em busca de segredos atômicos e pistolas”.
Não é só a burocracia que faz desse filme chato, mesmo porque burocracia é quase sinônimo de realismo em filmes de espionagem, mas o quase amadorismo por parte de Preminger em narrar o filme. É inconcebível que o grande Otto tenha construído algo tão sem alma e sem liga alguma que desse o ponto do filme, mesmo tratando de um dos temas que lhe era mais caro: o racismo. Sua tentativa de humanizar os agentes secretos como pessoas comuns que constituem família e se preocupam com a aposentadoria deslizou por caminho inverso resultando num filme frio e apático. Uma pena o desperdício de talento de tanta gente boa envolvida.

Nota: Essa é a estréia no cinema da super modelo Iman (hoje em dia mais conhecida como Sra. David Bowie) e a última das inumeras beldades descobertas pela lente de Preminger.

Advertisements

3 thoughts on “O Fator Humano (The Human Factor, 1979)

  1. dri, eu li os comentários lá no blog. numa madrugada dessas aí eu baixo o filme (só dá pra assistir online?). eu tô querendo ver o cheiro do ralo pra conferir se a tal bunda que tanto falaram é tudo isso mesmo.

    abraço.

  2. caralho, dri, você é foda. colocou persépolis pra baixar. eu tô baixando a primeira parte agora, depois vou pegar a segunda. eu encontrei recentemente uma hq na net que é simplesmente a coisa mais demente que eu já vi, depois vou colocar um link lá no blog pra você ver.

  3. Tentei achar Persepolis em portugues, mas ainda não achei…

    Lá no Stage6 dá pra assistir online e baixar (baixa bem mais rápido que P2P, é claro), faz uma conta lá cavuca os filmes, sempre me esbaldo por lá, a maioria está com nome camuflado para evitar as pendengas de direitos autorais então tem que achá-los na raça mesmo.

    É uma bela bunda sim, ouvi dizer que a moçoila teve que engordar um pouquinho para que ficasse mais “vistosa”. E o Selton Mello é MUITO FODA.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: